sexta-feira, 7 de dezembro de 2012


"Sonhe como se fosse viver para sempre, viva como se fosse morrer amanhã"
 
Desprende-te. Desprende-te dessa lineariedade, do certo, do errado, do bom, do mau, do incerto, da revolta, da luta... Sê tu mesmo, não vivas num tolde de frases feitas ou de conceitos pre-concebidos. Ousa, ousa muito. Ousa gritar, ousa sair, ousa levantar-te e quando caires pega na mão de quem te está mais próximo, sorri e tenta de novo. Não vivas amarrado a um passado distante e a desilusões doentias que em nada te acalentam a vida, a alma ou o coração. Abre as cortinas, ou rasga a pano. Vira-te e observa, há tanta coisa maravilhosa na vida para ser contemplada. Avista aquele parque onde as crianças sorriem felizes, aproxima-te e sorri com elas. Dá a mão a um idoso e sussurra-lhe um "Bom dia". Agradece ás pessoas que estão contigo e te fazem ter um brilho constante. Cerca-te de magia e sê o mágico dos palcos por onde vagueias.
Não sabes se dará certo, mas no fim, nada será em vão porque lutas-te e foste tu mesmo.
E se não houver fim, é porque o sonho é possivel, é porque é necessário estar erguido para passar obstáculos, é preciso correr e chegar em primeiro... é porque se foi humilde, sincero, pleno honesto... é porque as pedras foram arrastadas e sem medos e receios o momento certo foi almejado e alcançado. 
É porque, no fundo, houve amor na confeção dessa luta.
Vive vivendo e vai vivendo amando. Be happy !

4 comentários:

  1. Olá Daniela,

    Penso que somente sendo nós mesmos, sendo diferentes de todos os outros é que nos tornamos especiais, é assim que cativamos um amor verdadeiro, sem tempos, um amor humilde que aqueça o corpo, que proteja o coração. Deveremos arricar a todas as horas, a tentar ir mais além, a sonhar de forma desmedida lutando para que esse sonho seja uma realidade.
    Vale a pena ler isto aqui, ler a tua forma de ver o mundo, essa tua forma que é tão minha também como tu sabes.
    Aqui revejo-me nas tuas palavras, por momentos parece que estou a ler o meu espelho, a minha forma de encarar o amor, de encarar a vida de forma despreocupada, pedindo pouco mas ganhando mais do que aquilo que se pediu.

    Gostei mesmo muito.

    Um Beijinho no coração :)

    ResponderEliminar
  2. que inspiração boa :p linda Daniela!

    ResponderEliminar
  3. No meu blog tem uma surpresa para ti, vai ver <3

    ResponderEliminar

"Presenteia-me com Amor." <3